terça-feira, 29 de setembro de 2015

AS IRMÃS GÊMEAS - FOTOGRAFADAS DE SURPRESA


Essas lindezas são de uma grande
amiga.
Valentina - de olhos azuis
Branquinha - de olhos verdes
Super carinhosas e brincalhonas.

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

PRIMAVERA - A BELEZA DA FLORES.

Todas essas plantas fazem parte do meu quintal.



AÇUCENA - Flor singela e branca.





Adicionar legenda


segunda-feira, 21 de setembro de 2015

     
21 de setembro / Dia da Árvore

Oi amigos! Esta árvore foi plantada por minha mãe no quintal de minha casa. Hoje cedo ao acordar, foi a primeira coisa que falou. E ainda lembrou da letra e música do hino da sua escola de 1940.

Cavemos a terra, plantemos nossa árvore, que amiga bondosa ela aqui nos será!...
         
     Arnaldo de Oliveira Barreto

sábado, 19 de setembro de 2015

terça-feira, 15 de setembro de 2015


                               Tardes de sol - Palmital.Mg.
             

                        Irmãs  Amor maior e dedicação.

                                      Amigas de todas as horas.

                                       

                                            

                                     

                                       


  



                        

                         


                                
                                        
                        
   
                
                          

                                          

                                                                                                                 

                                                         


   




      

            



              

segunda-feira, 14 de setembro de 2015


A beleza do Põr do Sol.  Quanto mais admiramos, mais entendemos o
sentido da vida. Deus é maravilhoso.
OI AMIGOS!
Esse é o juca, sempre alegre e correndo.





sábado, 12 de setembro de 2015

Amanheceu! 

 Na certeza de buscar a alegria em fotografar, consegui trazer um pouco do que  deixamos de apreciar pela falta de tempo com os nossos  compromissos diários. Perdemos a oportunidade de olhar e sentir detalhes simples do cotidiano.
Nas ruas de onde moro...